Videogames por um mundo melhor

stock-photo-attractive-hispanic-woman-and-girl-playing-a-video-game-with-handheld-controllers-48455071Existem pesquisas que falam que os videogames deixam as pessoas violentas, outras dizem que fazem bem para saúde e outras falam que até mesmo aumenta a longevidade das pessoas, mas sempre existe essa briga entre os jogos serem vilões ou heróis.

Contudo na África, mais precisamente na Somália, os videogames estão ajudando as crianças a terem um futuro melhor pela frente. Antes o país, principalmente sua capital, era comandada pelo al-Shabab, uma milícia que pegava crianças e as transformava em soldados por sua causa, que nada mais era do que dominar os demais.

QJVG

Felizmente as tropas foram praticamente expulsas da capital, o que deu espaço para chegada de videogames e isso se tornou a nova mania das crianças, que passam o dia inteiro jogando PlayStation 1 e não mais nas ruas, onde acabavam sendo convencida e levadas para lutarem contra seus compatriotas.

O pai de umas dessas pessoas crianças comentou: "Esta é a atividade diária deles, porque não quero vê-los chateados ou indo para a guerra. Quanto mais ocupados eles ficam, mais casados e longe da violência eles estão".

sns-b1981ab37c84464caea216b62a5120f9-2

A discussão sobre os videogames sempre vai existir, mas nesse caso é indiscutível, pois os jogos estão ensinando as crianças que uma guerra virtual de brincadeira é muito melhor do que uma realidade, pois nessa não existem vítimas, apenas diversão. Um viva aos videogames! Não deixe de curtir esse post e espalhar essa novidade incrível.

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione no Face:http://www.facebook.com/diegominilua.

  1. Allysson [SCCP]

    29 de junho de 2012 em 16:26

    Chega deu ate vontade de jogar agora

  2. Zetsu

    16 de maio de 2012 em 22:48

    video game e muito legal mais depende da seu nivel de tolerancia mental

  3. Guilherme

    13 de maio de 2012 em 21:51

    Que bacana… por isso que vou jogar games até meu último segundo de vida… video games fazem BEM SIM, a humanidade.

  4. Flavio França

    11 de maio de 2012 em 18:48

    Por isso que eu adoro video games  :]

  5. Garota çoç

    9 de maio de 2012 em 19:54

    Yuuuupiii!! Vídeo game é show 🙂 mudando vidas …

  6. calamorta

    9 de maio de 2012 em 17:34

    Nostalgia pura, ver um Ps2, com as pessoas jogando em cadeiras, um Winning Eleven… isso era video game…

  7. Isaac Clarke

    9 de maio de 2012 em 17:27

    Se levar um Xbox com Cod os neguin pira.

  8. Akuma (Original)

    9 de maio de 2012 em 16:51

    Agora fica de olho pra ver se a mídia fala sobre isso, eles só sabem descer o cacete no videogame.

  9. Davi Rodrigues

    9 de maio de 2012 em 16:34

    jogos são uma das melhores coisas do mundo  u.u

  10. João Mello

    9 de maio de 2012 em 15:06

    Só tenho uma coisa a dizer sobre isso !!

    Video Games, desde 1980, ensinando o Inglês melhor que muitas escolas Brasileiras..

    [img]http://static.minilua.org/wp-content/uploads/media/imagens/pan/reaja2.png[/img]

  11. Rey Mysterio

    9 de maio de 2012 em 13:20

    muito legal a matéria.

  12. Leandro Fraga

    9 de maio de 2012 em 12:13

    Tenso, eles preferem comida.

  13. Carol Nukenin

    9 de maio de 2012 em 10:41

    Nossa… Que idiota… Por que não coloca essas crianças pra estudar e ser alguém na vida????
    video game não enche barriga e não da futuro pra ninguém.  

    • Akuma (Original)

      9 de maio de 2012 em 16:55

      Videogame ensina inglês muito melhor do que escolas, saber falar inglês dá um futuro bom. Isso que você disse é papo de quem não entende e quer fala mal.

      • Carol Nukenin

        9 de maio de 2012 em 17:26

        E isso que vc disse nem mesmo serve pra defender um ponto de vista. Só falar inglês não garante o futuro de ninguém. Concordo que usem como ferramenta didática, ou como uma forma de diversão no tempo livre. Mas o que eles estão ganhando jogando o dia todo? Se for um desses jogos violentos mai populares, eu te digo que quase nada. E os benefícios que são conseguidos (Raciocínio rápido e lógico e um pouco de história em alguns casos) podem ser facilmente adquiridos em atividades mais saudáveis. Essa é a MINHA opinião. Sinta-se livre pra discordar ou argumentar – de forma educada- caso tenha mais de 12 anos, pq eu não discuto com criancinhas. 

        • Akuma (Original)

          9 de maio de 2012 em 19:53

          Eles podem não aprender nada jogando o dia todo, ainda mais jogando jogos violentos, mas se você parar para pensar é bem melhor ficar em casa o dia todo jogando jogos violentos onde você mata bonecos criado por computação do que ir para a guerra e matar pessoas reais correndo o risco de ser morto “rapidão”.

        • Isaac Clarke

          9 de maio de 2012 em 17:35

          Eu jogo vídeo game desde o 6 anos e sempre joguei dos mais violentos aos mais simples, graças a isso nunca fui “moleque” de rua e isso me mantinha em casa com meus pais e família em vez de estar na rua provavelmente se drogando (e sem zuera conheço alguns pias ai que só ficavam na rua e agora tão virando viciados em drogas), Então eu sempre digo:
          “Poderia estar matando, Roubando, Se Viciando em Drogas, mas não estou na minha casa jogando vídeo game”. 🙂 

          • Carol Nukenin

            9 de maio de 2012 em 17:40

            A questão das drogas vai além do “ficar na rua”, na minha opinião. E as crianças em questão não estão morrendo por causa de drogas, em sua maioria. Estão morrendo por causa da guerra. A não ser que joguem video game pra sempre, sem sair de casa, acabarão morrendo nas guerras. Dessa forma, eu não vejo como isso ajuda… 

          • Isaac Clarke

            9 de maio de 2012 em 17:48

            Vídeo Game realmente não é uma ajuda, mas olhe esse país tem uma guerra civil lá e graças ao Vídeo Game crianças “CRIANÇAS” estão deixando de ir para a guerra, e uma ação puxa a outra dae por ficar em casa a crianaça começa a ter um melhor relacionamento com sua família pode começar a Estudar e tal, então não é o vídeo game que vai mudar tudo, serão vários “X” fatores que ira mudar a realidade daquelas crianças ,  e graças a um simples jogo esses fatores estão começando a surgir. 🙂 

          • Carol Nukenin

            9 de maio de 2012 em 17:58

            Assim esperamos, né. A situação dos países em guerra civil na África é um vexame. E quase tudo culpa do Imperialismo, no passado. Já passou da hora de algo ser feito. Ninguém deveria ir pra guerra. Muito menos crianças. 

          • Isaac Clarke

            9 de maio de 2012 em 18:00

            A verdade e que as coisas na africa só mudariam se tivesse petróleo lá ai os Estados Unidos e a Europa iriam agir, “Sad but True” 🙂

          • Carol Nukenin

            9 de maio de 2012 em 18:06

            Pois é… Depois que a Europa cansou de explorar, simplesmente abandonou. 

    • Um qualquer

      9 de maio de 2012 em 11:57

      Olha, observando que lá as crianças vão cedo pra guerra, o video-game pelo menos as prende com suas famílias….. já é um começo.
      Não é totalmente inútil….

    • Mr E

      9 de maio de 2012 em 11:24

      Enche a barriga e dá futuro pra quem desenvolve e pra quem vende…

      • Carol Nukenin

        9 de maio de 2012 em 17:28

        E pra quem joga os jogos como forma de teste.

        • Mr E

          9 de maio de 2012 em 18:22

          E também enche a barriga das famílas deles, e coloca os filhos na escola, paga impostos e por aí vai…

  14. Chapola

    9 de maio de 2012 em 10:34

    isso ae, e pra quem gosta de video game, acessem meu canal de jogos, lá vc encontra Let’s Play de jogos clássicos, inesquecíveis,  que marcaram sua infância, clique no link para meu twitter, lá vc encontra um link para o canal youtube e se gostar se inscreva…

  15. Yao Ming

    9 de maio de 2012 em 10:29

    Quem viu a mão boba na Primeira imagem? rsrs

  16. Paulo Henrique

    9 de maio de 2012 em 09:54

    AFRICA COM PS1 ??? COMO AS PESSOAS VAO COMPRAR PS1 SE ELES MAL TEM DINHEIRO PRA COMPRAR COMIDA?

    • João Mantovani

      9 de maio de 2012 em 12:45

      vaquinha?

  17. Luyzinho Concessor

    9 de maio de 2012 em 09:45

    “…Quanto mais ocupados eles ficam, mais {casados} e longe da violência eles estão”.

    Crianças Casam na África?? Oo
    ^^
    Viva o PS one

    • the kill

      9 de maio de 2012 em 09:47

      EU ACHO Q VOU PRA AFRICA

  18. Mr E

    9 de maio de 2012 em 09:27

    […] ” Quanto mais ocupados eles ficam, mais casados e longe da violência eles estão. ”

    Mais casados?!

  19. Lucas

    9 de maio de 2012 em 08:55

    o que o cara apertano os peitos da mulher ta fazeno na imagem?achei que fosse pra educar as crianças

  20. Gaby

    9 de maio de 2012 em 08:53

    Mto bom isso ae =)

  21. Lucas

    9 de maio de 2012 em 08:46

    meu papel na sociedade continua o mesmo:NENHUM

  22. Ivanilson Almeida de Souza

    9 de maio de 2012 em 08:21

    Agora é só preciso ver o que estão deixando eles jogarem.
    NADA DE GTA OU GAMES FPS certo? (me refiro a isso por conta da realidade que enfrentaram).
    Outra coisa: Quem levou diversão eletrônica para eles?

  23. Nosferatu Alucard

    9 de maio de 2012 em 08:05

    a ficção é melhor do que a realidade
    #vampirobebao 

  24. ultramen Tiga

    9 de maio de 2012 em 06:58

    muito legal!

  25. Alex Taylor

    9 de maio de 2012 em 06:39

    Eles deixaram de lutar na ruas para jogar videogame…quer dizer então que Street Fighter nem pensar.

  26. Luís

    9 de maio de 2012 em 00:52

    ai ai……

  27. mariaantnia

    9 de maio de 2012 em 00:51

    também acho uma ótima iniciativa, só que não vai mudar mt coisa

    • Raposa Desértica

      9 de maio de 2012 em 01:15

      As crianças vão aprender novas maneiras de como matar uma pessoa =)

      • Um qualquer

        9 de maio de 2012 em 11:45

        Eu jogo CS desde os 16 anos, onde o objetivo é plantar c4 (explosivo) ou desarmá-lo, jogando com váriadas armas, arma branca, primária, secundária, granada, bomba de fumaça, granada de cegar momentaneamente(flash)… nem por isto saio atirando em todo o mundo.
        É relativo de pessoa pra pessoa, não podemos generalizar tudo.

  28. Andy Sullivan

    9 de maio de 2012 em 00:46

    Quando eu comprei meu primeiro vídeo game (Master System) ..esquecia que tinha vida e fome. 
    Menos armas,mais vídeo game…pra um futuro mais seguro e cheio de head shot’s virtuais 😉

  29. Dry Bowser

    9 de maio de 2012 em 00:43

    Isso aew! mudem o futuro da naçao de vcs se divertindo e não guerreando 😀

  30. Raposa Desértica

    9 de maio de 2012 em 00:35

    O q a logo do Youtube ta fazendo ali???

    • Pedro

      9 de maio de 2012 em 00:38

      eu ia perguntar a mesma coisa mas quando eu vi a peituda eu até esqueci…-.-

  31. Kurono Kei

    9 de maio de 2012 em 00:34

    Uma boa iniciativa. O que falta é as “otoridades” pararem de se mobilizar contra os jogos e resolver educar os pais para observar o comportamento dos filhos, pois quem muda o comportamento por causa de um jogo, game, propaganda, filmes ou qualquer outra coisa do tipo, é desequilibrado emocional e psicologicamente, e não deve ser colocado do lado de pessoas que sabem o que fazem e tem plena capacidade de saber o que é certo e errado. Enfim, cresci jogando Resident Evil, Devil May Cry, Syphon Philter e nem por saio por aí atirando contra ninguém. Pais, cuidem de seus filhos e parem de culpar os outros!

    • João Mantovani

      9 de maio de 2012 em 12:45

      Deveria ir para os melhores da semana, como um comentário bem elaborado e construtivo

      porem só vai comentários engraçados faze oq né D:

      • Kurono Kei

        9 de maio de 2012 em 13:31

        Pior que é isso mesmo. Eu achei que o Diego ia fazer um texto gigante, mas foi só um textículo.

        • Deivid De Franceschi Felizardo

          9 de maio de 2012 em 14:07

          riariariariariariariariaria Textículo riariariariariariariariaria. Chega!

  32. Raposa Desértica

    9 de maio de 2012 em 00:32

    Aquela foto do lado esquerdo do Crash, q jogo é q eu tb quero jogar?

    • Adalberto Araujo

      10 de maio de 2012 em 20:04

      O NOME DESSE JOGO É DUKE NUKEM!!!!!!!
      BLZ?

    • Kurono Kei

      9 de maio de 2012 em 00:35

      à esquerda do Crash é HALO. Á minha esquerda é Duke Nukem, eu acho.

      • Raposa Desértica

        9 de maio de 2012 em 00:37

        A daquela mulher… tipo assim.. cê sabe..

        • Kurono Kei

          9 de maio de 2012 em 08:46

          Ele mesmo. Duke Nukem. Nunca joguei mas meus amigos falavam que era legal.

  33. Mari Siqueira

    9 de maio de 2012 em 00:28

    Graças a Deus video game pra uma causa justa 🙂 que bom saber!! só assim pra algumas pessoas pararem de falar que jogar video game nao ajuda em nada !!

  34. Raposa Desértica

    9 de maio de 2012 em 00:27

    imagem 2 o q n podia faltar era o Leon, e botaram a Jill  ‘_’

    • Kurono Kei

      9 de maio de 2012 em 13:19

      Não sei você, mas quando eu comecei a jogar RE todo mundo só queria saber da Jill. Tanto que no RE Director’s Cut, agente zerava primeiro com a Jill para depois tentar zerar com o Chris. Sem falar que eu gosto mais da Jill, se é que você me entende……….

  35. Raposa Desértica

    9 de maio de 2012 em 00:25

    imagem 3: Eles estao jogando gta

    true story

  36. Ornitorrinco

    9 de maio de 2012 em 00:21

    todo mundo deveria jogar videogame

  37. Pedro

    9 de maio de 2012 em 00:20

    beleza de handbra ali na 2 hein…

  38. Luís

    9 de maio de 2012 em 00:19

    eles jogão ps2.. olha a cor dos controles 🙂

    • Mari Siqueira

      9 de maio de 2012 em 00:24

      Mas no PS1 tambem tem controles da cor branca e preto !!!

      • Joey Jordison

        9 de maio de 2012 em 00:31

        Mas o controle preto do ps1 num é fosco?? O.o

        • Raposa Desértica

          9 de maio de 2012 em 00:33

          Acho q verde qnd fumo orégano ‘-‘

      • Luís

        9 de maio de 2012 em 00:31

        vish, eu antes eu via da cor branca e cinza, agora preto…. mas comentei isso de zuera mesmo kkkk

      • Pedro

        9 de maio de 2012 em 00:28

        parece você na imagem…diz aí 😀

        • Pedro

          9 de maio de 2012 em 00:28

          imagem 1 ¬¬

          • Luís

            9 de maio de 2012 em 00:33

            parece mesmo lol

          • Mari Siqueira

            9 de maio de 2012 em 00:30

            LOOOOOOOOLLLLL kkkkk INFIT’S LOL pra voce kkkk

    • Pedro

      9 de maio de 2012 em 00:21

      o ultimo é branco….o controle…¬¬’ lol

  39. Tony Iommi

    9 de maio de 2012 em 00:16

    True Story!

  40. Bruno Rock

    9 de maio de 2012 em 00:13

     Isso só é mais um fato que comprova que o video-games são legais.

  41. jamili pedrosa

    9 de maio de 2012 em 00:11

    Muito legal mesmo!! 🙂

    • Raposa Polar

      9 de maio de 2012 em 03:42

      e vc é linda 🙂

      • João Mantovani

        9 de maio de 2012 em 12:43

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • the kill

        9 de maio de 2012 em 09:44

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
         q foda em pleno post sobre video games salvar vidas o  carinha dando encima da garota….
        lol

  42. Edesio Almeida

    9 de maio de 2012 em 00:08

    soh comprovaram algo que todo bom gamer jah sabia..
    mas desse jeito e sacanagem…se els eram soldados na vida real..
    jogar call of duty vai ser um passeio no parque..

  43. Joey Jordison

    9 de maio de 2012 em 00:05

    Isso é meio óbvio porque tem muita diferença entre você matar trocentos soldados no Call of Duty e ver alguém morre na sua frente (ou até mesmo matar uma pessoa)

    (I came in the ring like a dog on a chain)

    • Joey Jordison

      9 de maio de 2012 em 00:07

      Mas se eu fosse para a guerra eu ia querer matar pelo menos um u.u

      • TENSEI

        9 de maio de 2012 em 00:12

        Se aparecer um daqueles loucos, que saem do meio do mato,
        atirando e gritando, eu matava sem exitar!

        • João Mantovani

          9 de maio de 2012 em 12:43

          Isso é bem filme americano onde os americanos entram na mata quetinhos e aparece alguns vietnamitas loucos gritando atirando para qualquer lado e morrendo kk

          • TENSEI

            9 de maio de 2012 em 14:11

            Mas era o que realmente acontecia!
            Os vietkongs, não possuíam nenhum treinamento militar,
            eram em grande maioria camponeses!
            Enquanto uma tropa de 150 americanos cagando nas calças, não conheciam
            o território, os norte vietnamitas sabiam que era suicídio ou ser capturado!

  44. Robb Stark

    9 de maio de 2012 em 00:03

    ui, linda a primeira foto

    • Raposa Polar

      9 de maio de 2012 em 03:41

      né? eu não sei se eu pegava a mãe ou a filha 

      • Robb Stark

        9 de maio de 2012 em 08:39

        Aprendendo com o Rafinha Bastos?

  45. TENSEI

    9 de maio de 2012 em 00:02

    video game ajuda a salvar vidas

  46. Willian Haubert

    9 de maio de 2012 em 00:01

    verdade mt legal

  47. Kisame Hoshigaki

    8 de maio de 2012 em 23:59

    Legal isso ae

    • Anônimo

      9 de maio de 2012 em 07:56

      mt legal mesmo 

      #sejaoterceiroacomentar

93 Comentários
mais Posts
Topo