Minilua

Visão humana em robôs

Cientistas estão desenvolvendo robôs que tem a visão da mesma forma que a visão humana, os robôs serão capazes de determinar o que é o objeto mais importante no seu campo de visão e agir em conformidade, assim como os seres humanos.

Os cientistas esperam que a tecnologia permita, que robôs "inteligentes" operem dentro de lugares perigosos, como reatores nucleares, onde seria muito perigoso para pessoas entrarem.

A visão avançada do robô está sendo desenvolvido como parte de um projeto europeu que possui um sensor que se utiliza de um processo complicado de imagem digital, conhecido como 3D foveation.

A atual tecnologia de varredura a laser, significa que os robôs tem em amostra tudo em seu campo de visão da mesma forma.

"Isso significa um objeto que não é interessante para o robô será visto igualmente ao objeto que o robô vai interagir", disse o líder técnico do projeto, Jens Thielemann.

Por exemplo, no caso de um robô estar navegando em um corredor e tentando evitar os obstáculos, um scanner a laser normal vai gastar a mesma quantidade de tempo de amostragem para objetos que estão longe e não representam nenhum perigo para o robô, quanto para os que estão perto e que podem representar um perigo iminente.

A equipe do projeto vai corrigir este problema, adaptando a visão do robô para que ele imite os processos realizados pelo olho humano.

O senhor Thielemann disse: "A parte central do olho tem alta resolução espacial, enquanto a parte periférica do olho tem baixa resolução espacial”.

A parte da visão periférica é usado para detectar objetos de interesse devido à cor, movimento, bordas, estrutura e usado para mover a fóvea (centro do olho) para o objeto de interesse.

A equipe acredita que essa tecnologia vai significar que os robôs irão um dia ter uma compreensão mais parecida com a dos seres humanos.