Minilua

Você acredita em ET’s? #3

Como foi dito no post anterior da série, nós conseguimos uma entrevista com um ufólogo renomado, Milton Dino Frank Junior, Presidente do CUB (Centro de Ufologia Brasileiro). Um homem de formação admirável e grande conhecimento, como você pode ver na sua ficha:

Qualificações

– Profissional com mais de 22 anos de experiência nas áreas de Suprimentos e Comércio Exterior.

– Vivência e atuação em empresas no Brasil, Inglaterra, França e Estados Unidos.

– Conhecimentos e participação em projetos de redução de custos, aumento de produtividade e lucratividade.

– Realização de pesquisas ufológicas há mais de 20 anos.

Graduação:

Engenharia Civil – Universidade Santa Úrsula

Conclusão: 1984

Graduação:

Civilização Francesa – Universidade de Paris – Sorbonne

Conclusão: 1977

Cursos Complementares, Seminários e Feiras

– Comércio Exterior – FIEMG – 2007

– Qualidade Total – Bureau Veritas – 1995

– Auditor da Norma ISO 9001:2000 – HGB – SAM INSTITUTE – STAT-A-MATRIX – 2004

– Curso de ISO 14000 – Bureau Véritas – 1995

– Gerente 2000 – Amana – 1993

– Qualidade Total – Fundação Cristiano Otoni – 1992

– Pet Fórum – Chicago – Associação Mundial dos Produtores de Pet Food – 2006

Idiomas

Inglês – Fluente

Francês – Fluente

Como você pode ver não é qualquer um. É uma pessoa de grande conhecimento, que sabe exatamente do que está falando, então aproveite essa grande entrevista, exclusiva para o Minilua.com.

1- Afinal, o que pode ser considerado um Objeto Voador Não Identificado (OVNI)?

Todo objeto que uma pessoa vê e não identifica é um OVNI. Este é o conceito. Agora, na prática as pessoas pensam que OVNI é uma nave interplanetária, o que não é verdade.

Muitas vezes me perguntam o seguinte: se uma pessoa ver um avião no céu e não identificar este avião isto seria um OVNI? A resposta, por incrível que pareça, é positiva. Se uma pessoa não identificar um avião voando nos céus, para ela o que ela viu é um OVNI, a partir do momento que o avião passa a ser identificado e a pessoa se toca que o objeto é um avião, então este objeto deixa de ser um OVNI e passa a ser um avião.

Ficou claro? Acredito que sim…

2- Qual a história da Ufologia? Onde surgiu? Com quem?

O piloto civil Kenneth Arnold, na época com 32 anos, voava de Chehalis para Yakima, no estado norte americano de Washington, no dia 24 de junho de 1947. Ele participava das buscas a um avião C-46, da marinha norte americana, que desapareceu na região das Montanhas Cascade. Arnold estava a bordo de um monomotor, nas proximidades do Mount Rainier, quando avistou o que definiu como nove "pires voadores". Os objetos voavam em formação e "deslizavam como um pires sobre a água". "Voavam perto do cume da montanha, como que numa cadeia diagonal, como se estivessem todos ligados", afirmou posteriormente.

"Observei-os durante três minutos. Eram chatos como uma torta e tão brilhantes que refletiam o sol como um espelho. Nunca vi uma coisa tão rápida pois sua velocidade era da ordem de 2.000 km/h". Ao retornar, o piloto foi entrevistado por jornalistas e seu caso foi divulgado, dando origem à Ufologia moderna.

No dia seguinte, 25 de junho, o piloto concedeu uma entrevista para uma rádio de Pendleton, Oregon. Durante a entrevista ele afirmou que os objetos deveriam estar a aproximadamente 30 km de distância de seu avião.

Foi neste dia que surgiu o termo disco voador. E a partir daí começa o que todos hoje chamam de ufologia.

3- Sabe-se que a Ufologia, no meio científico, ainda é considerado por muitos como uma "ciência não-séria", como os ufólogos enxergam sua própria ciência?

A ufologia é muito séria, quem não são sérios são ufólogos que afirmam coisas que não podem comprovar cientificamente. Devido a isso a ufologia passa a ser um Hobby e não uma profissão. Não dar para ganhar dinheiro fazendo ufologia.

No Brasil não existe Universidade de Ufologia. No mundo só no Chile tem Faculdade de Ufologia, mas mesmo assim o curso ainda não é reconhecido.

Nos Estados Unidos e Europa existem vários cursos que ensinam a fazer Pesquisa de Campo, mas não tem nenhum valor acadêmico.

Aqui no Brasil ufologia é muito parecido com Jornalismo, mas mesmo assim, aprendemos a fazer ufologia no dia a dia com nossas experiências.

Quanto aos OVNIs eles são reais, só que até hoje nós não sabemos o que eles são, isto quer dizer: não sabemos se eles são da Terra ou de outro planeta. Não existe até hoje nenhuma prova científica que ateste que o fenômeno OVNI é oriundo de outro planeta.

4- Casos como Roswell, Tunguska, Área 51 e Varginha são conhecidos em todo mundo, inclusive foram temas de diversos filmes e jogos eletrônicos, apesar disso, novas descobertas e estudos vem trazendo dúvidas acerca dos mesmos, como a Ufologia trata desses casos?

Até hoje, nenhum caso mostrou uma prova definitiva a respeito de naves espaciais de outro planeta e nem de seres ou vida em outros planetas. Estes casos servem como relatos. Servem como arquivos para serem consultados, nada mais que isso.

5 e 6 – Quais os fundamentos da Ufologia? O que precisa ter para ser um Ufólogo?

A pergunta 5 e 6 deveriam ser feitas juntas. Na realidade a ufologia deveria ser feita por quem faz ciência tamanha a sua importância e seriedade. E eles fazem. Quem faz a ufologia mais sofisticada do planeta são países como a Rússia, Estados Unidos, Japão, China e outros. Eles investem dinheiro em programas espaciais e estão com informações muito mais precisas que qualquer outros países e governos.

Ufologia na realidade é uma questão de segurança, pois se existem objetos voadores não identificados invadindo os céus de vários países no mundo, é sinal que nossa segurança está ameaçada. Esta função de proteção ao nosso espaço aéreo cabe a aeronáutica, portanto, toda aeronáutica de qualquer país pratica ufologia. Então posso afirmar com toda convicção que o fundamento principal da ufologia seria a segurança do espaço aéreo.

Um ufólogo na realidade teria que ser um super profissional, pois ele teria de entender de muitas ciências para fazer tudo que seria necessário numa pesquisa ufológica. Ele teria que entender pelo menos de:

a) Astronomia

b) Física

c) Química

d) Biologia – Astrobiologia – Exobiologia

e) Psiquiatria – Psicologia

f) Engenharia mecânica – elétrica – eletrônica..

g) Teria de ser uma pessoa muito pé no chão

h) Ter um conhecimento geral fora do comum

i) Saber lidar com pessoas e abordar pessoas de várias classes sociais. Ter um bom relacionamento interpessoal.

j) Saber respeitar e ouvir tudo que falam para ele, mas sempre buscar a verdade dos fatos.

k) Saber escrever muito bem, pois ele terá de escrever e relatar os casos que ele pesquisar.

l) Saber pesquisar e saber a quem recorrer para buscar respostas.

m) Conhecer principalmente como o meio acadêmico aceita fatos comprovados, ou seja: conhecer metodologia científica.

7- Diversas séries de TV, como Arquivo-X e 4004, popularizaram a ufologia no mundo. Na sua opinião, isso é algo bom ou ruim?

A ficção é ótima. Ela é quem faz com que o homem sonhe com coisas impossíveis. Quantos filmes de ficção se tornaram realidade? Quantos livros de ficção se tornaram realidade?

Há muitos anos, se dizia que homens voavam e o avião não existia. Hoje isso é um fato. Dar a volta ao mundo em 80 dias não era possível, hoje é mais do que possível…

Estes filmes servem para fazer o homem criar, pesquisar, pensar, imaginar… Isso é bom de mais.

8 – A ufologia existe apenas para estudar a possível existência de vida alienígena ou ela trata também de outras variantes?

Quem estuda a existência de vida em outro planeta não é a ufologia. Quem faz isso é a exobiológica ou astrobiologia. Ufologia é uma questão de segurança nacional e estuda apenas os objetos voadores não identificados.

O que ocorre na prática é que todo objeto voador não identificado ou não explicado se torna quase sempre na imaginação das pessoas em uma nave de outro planeta. Então daí vem a associação da ufologia com seres de outros planetas.

9 – Afinal, Et’s já visitaram nosso planeta?

Isso é uma questão de crença. Provado cientificamente, nenhum extraterrestre esteve aqui na Terra. Agora se você acreditar nos milhares de relatos de pessoas que dizem ter visto seres de outro planeta, então a resposta seria afirmativa.

Como estudioso de ufologia eu não afirmaria jamais que fomos visitados por estes seres, por uma questão muito simples: não poderia comprovar este fato para uma bancada acadêmica e iria cair no descrédito. Portanto, minha resposta seria não.

10 – É possível que hajam naves em posse de algum país? Ou mesmo extraterrestre vivendo aqui?

Provado cientificamente não. Na imaginação de várias pessoas sim. Minha resposta é negativo.

Agradecemos mais uma vez ao CUB e ao senhor Milton Dino Frank Junior, que nós atendeu com toda a educação e paciência, respondendo a todos as questões que foram enviadas.

Se você quer saber mais sobre todas essas questões, deve visitar o site do CUB, pois lá existe muito conteúdo interessante. Inclusive um belo trabalho, realizado por eles, de análise de fotos.

Sábado que vem tem mais!

Post feito em parceria com uns dos autores do blog: http://www.mortesubita.org.

Entrevistadores:

Alecks Spake – “Sou Cético Quanto Ao Resto”

Diego Martins