Minilua

Você acredita em superstições?

Que o brasileiro é um povo supersticioso, isso não há dúvida, o que poucos sabem, é que as chamadas “superstições” que permeiam o imaginário popular, não é um fenômeno recente, muitas são datadas de décadas ou até mesmo séculos. Confira alguns exemplos bem conhecidos:

Escada: Segundo a crendice popular, passar embaixo de uma escada pode atrair má sorte. Aliás, algumas pessoas levam isto tão a sério, que evitam de toda forma cruzar com uma escada pela frente. A solução? O elevador?

Gato Preto: Bom, esta é uma das superstições mais conhecidas da história. Ainda na idade média, se acreditava que os felinos eram na verdade, bruxas transformadas em animais. Diante disso, era comum se atribuir falta de sorte quando alguém se deparava com um gato preto pelas ruas. Hoje em dia, o assunto é visto de forma controversa, para os místicos de plantão, por exemplo, o fato de se encontrar um gato preto pelas ruas indica a chegada de dinheiro.

Orelha quente: Esta superstição vem desde a época de nossas avós. Acredita-se que se uma orelha esquentar de forma anormal significa que outra pessoa está falando muito mal de você.

Guarda- chuva: Segunda a tradição, abrir um guarda-chuva dentro de casa pode atrair más energias.

Pé direito: Lembre-se, nunca saia de casa com o pé esquerdo, caso isso ocorra, segundo os supersticiosos, seu dia pode ser bastante ruim, com pouca ou nenhuma rentabilidade.

Estrela Cadente: Viu uma estrela cadente no céu? Corra, faça um pedido. Segundo a crença de muitas pessoas, o seu desejo se realizará em poucas horas ou dias.

Velas: Três velas acesas em um mesmo ambiente pode ser presságio de morte. Portanto, muito cuidado na hora de se acender velas.

Espelho quebrado: Se acreditava no passado, que ao quebrar um espelho, a pessoa teria sete anos de azar.

Madeira: Bater três vezes na madeira evita, segundo os mais tradicionalistas, que eventos ruins aconteçam na vida da pessoa.

E você, internauta do Minilua, se considera supersticioso? Conhece mais alguns exemplos de superstições? Comente!