Minilua

Você sabe a diferença entre eficiência e eficácia?

Há quem ache que eficiência e eficácia sejam a mesma coisa, por terem significados próximos e parecidos. Apesar de muitas vezes serem usadas como palavras sinônimas, elas não tem o mesmo significado.

Caso procuremos os significados dessas palavras no dicionário, provavelmente os encontraremos, assim como fazemos quando temos dúvidas. Porém, há palavras que podem ter um sentido muito maior do que o dicionário consegue nos mostrar, que às vezes acaba mais fazendo um nó em nossa cabeça do que sanando nossas dúvidas. Você sabe a diferença entre eficiência e eficácia?

Falando de maneira simples, eficiência refere-se ao modo como uma atividade é realizada, pode ser considerado o meio de um processo. Já eficácia está diretamente relacionada com o resultado obtido, é o fim de um processo.

Sabendo disso, é possível ser eficiente e não eficaz e vice-versa.

Se ainda não ficou claro, dê uma olhada em alguns exemplos práticos:

1 – Em uma partida de futebol, o jogador pode ou não jogar bem, caso o faça, estará sendo eficiente, mas será eficaz se fizer o gol (claro, claro, respeitando suas posições).

2 – Em uma empresa o funcionário está em seu local de trabalho e vê um vazamento próximo a ele, sem pensar duas vezes busca panos e um balde para secar, ou seja está sendo eficiente. Mas o problema volta depois de dez minutos, então ele não foi eficaz, e lá vai ele atrás de panos e balde de novo, enquanto um colega observa o problema e vai atrás do registro, percebendo que o mesmo está ligado, e o fecha, ou seja, ele foi eficaz.

3 – Na escola, Zequinha está se preparando para as provas, gravou as aulas, e está estudando em casa, enquanto Joãozinho não prestou atenção nenhuma na aula e não está estudando. Enfim chega o dia da prova, Zequinha para sua infelicidade tirou uma nota abaixo do esperado, e Joãozinho gabaritou a prova. Nessa história, Zequinha foi eficiente, ao estudar e se preparar, mas não eficaz no resultado da prova, completamente o contrário de Joãozinho.

4 – Determinada fábrica tem uma meta de fazer 350 peças por dia, passa-se um dia e a empresa não atinge o número esperado, mas as peças já prontas estão impecáveis. Ou seja, foram eficientes no quesito eficiência, pois suas peças estavam realmente bem feitas, mas não foram eficazes em atingir a meta.