WTF? Comissão de Direitos Humanos aprova a “cura gay”!?

02

Sob o comando do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), a Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou nesta terça-feira (18) projeto que permite aos psicólogos promover tratamento com o objetivo de curar a homossexualidade.

A proposta, conhecida como “cura gay”, terá que passar ainda por outras duas comissões da Casa: Seguridade Social e Constituição e Justiça. Se aprovada em ambas, segue para o plenário da Câmara.

A votação foi simbólica: durante o debate, apenas os deputados Simplício Araújo (PPS-MA) e Arnaldo Jordy (PPS-PA) discursaram contrários ao texto. Araújo tentou adiar a votação com pedidos de leitura da ata da última sessão e retirada do projeto da ata -ambos foram rejeitados.

01Em sua fala, Araújo lembrou os protestos que reuniram milhares de pessoas nas ruas ontem, em diversas capitais do país. Em Brasília, manifestantes chegaram até o Congresso Nacional - entre os protestos, houve gritos contrários a Feliciano e a outros políticos do Legislativo, como o senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

“A Casa deve acordar para o que aconteceu ontem nas ruas, ao que está acontecendo nesse país. Essa aqui é uma prova que nós estamos muito longe de entender o que a sociedade realmente quer discutir aqui dentro dessa Casa”, afirmou, sendo aplaudido por alguns presentes.

Araújo anunciou ainda que vai recorrer à Presidência da Câmara para anular a votação da proposta. Ele alega que Feliciano fez uma manobra regimental irregular para colocar a matéria em discussão. “Esse projeto é eleitoreiro, não atinge o clamor das multidões que tomam as ruas”, disse.

O projeto de decreto legislativo, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), suspende dois trechos de resolução instituída em 1999 pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia). O primeiro trecho sustado afirma que “os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”.

A proposta aprovada hoje anula ainda artigo da resolução que determina que “os psicólogos não se pronunciarão, nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica”.

Na justificativa do documento, Campos afirma que o conselho “extrapolou seu poder regulamentar” ao “restringir o trabalho dos profissionais e o direito da pessoa de receber orientação profissional”.

A votação é uma vitória da bancada evangélica, que tenta avançar com o projeto há dois anos.

Durante o debate, manifestantes exibiram cartazes com frases contrárias ao texto. “Não há cura para quem não está doente”, dizia um deles.




HISTÓRICO

Desde o mês passado, a votação foi adiada ao menos cinco vezes, por diferentes motivos - desde falta de quórum a pedido de vistas de congressista.

O relator do texto na Comissão de Direitos Humanos, deputado Anderson Ferreira (PR-PE), foi favorável ao projeto. “A Psicologia é uma disciplina em constante evolução e tem diversas
correntes teóricas, sendo difícil determinar procedimentos corretos ou não, metodologias
de trabalho apropriadas ou não”, afirma o deputado em seu relatório.

“É direito do profissional conduzir sua abordagem conforme a linha de atuação que estudou e prefere adotar. Também constitui direito do paciente buscar aquele tipo de atendimento que satisfaz seus anseios”, completa ele.

Para Ferreira, a mudança na resolução do Conselho Federal de Psicologia reforça a “liberdade de exercício da profissão” de psicólogo.

A proposta é rejeitada pelo CFP. No ano passado, a entidade recusou-se a participar de uma audiência pública realizada na Câmara para debater o projeto. O conselho inclusive lançou uma campanha contra a ideia. A OMS (Organização Mundial de Saúde) deixou de considerar a homossexualidade doença em 1993.




POLÊMICA

Desde que assumiu o comando da comissão em fevereiro, o deputado Marco Feliciano enfrenta protestos de ativistas de direitos humanos que o acusam de racismo e homofobia. Ele nega. Uma das críticas dos ativistas é que o deputado beneficiaria os evangélicos na discussão da proposta na comissão.

No mês passado, em seu twitter, Feliciano defendeu a inclusão do projeto na pauta da comissão, afirmando que “não podemos fugir de assuntos como este”. O deputado ainda criticou a cobertura da imprensa sobre o assunto.

“A mídia divulga um PL [projeto de lei] como “cura gay” quando na verdade ele não trata sobre isso, até porque homossexualidade não é doença”, escreveu na ocasião. “Esse projeto protege o profissional de psicologia quando procurado por alguém com angústia sobre sua sexualidade”, disse.

CAMARA

Fonte: Folha de São Paulo

E você? O que pensa a respeito?

  1. Brunno Kamei

    6 de julho de 2013 em 17:33

    Mesmo que o intuito não seja eliminar a homossexualidade, a palavra “cura” ainda tem um sentido pejorativo, como se fosse uma doença, o que não é verdade.

    • REzao

      21 de julho de 2013 em 06:38

      É mesmo…

  2. Vitor Vargas

    25 de junho de 2013 em 13:37

    Galera a cura gay já existe e se chama bucetamol!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • REzao

      21 de julho de 2013 em 06:37

      auhahauhauhauhauhauhauhahuuuuuahuahauhakkakaauauauaukaaakkkkkkkkkk

  3. Adrian

    25 de junho de 2013 em 13:36

    Os alienados estão ameaçando a mulher e as filhas de um cidadão de bem, por causa de uma mentira contada pela mídia… onde que esse povo leigo vão parar. https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=LcClBBNeczc#at=354

  4. BJ

    24 de junho de 2013 em 09:42

    “CURA GAY”

    Em 1º lugar, o projeto não é do Marco Feliciano.

    Em 2º lugar, o Feliciano sequer votou favorável, ele é Presidente da Comissão, ou seja, não vota, só administra.

    Foi nomeada assim pela MÍDIA já que em nenhum momento a lei fala que ser Gay é doença. O projeto não trata de “CURA GAY”, mas de os psicólogos terem liberdade de atender quem se sente desconfortável com sua orientação sexual.”

    (Não entendo o brasileiro, fala tão mal da mídia e ainda é manipulado por ela…)

  5. Fernando Nascimento

    22 de junho de 2013 em 15:54

    me prova na biblia onde ta escrito que uma pessoa nasce gay a pessoa passa a ser gay po escolha ou por aprendizagem então e casamento so entre homem e mulher esta na nossa constituição fazemos assim esse exemplo então coloca todos os gay homens em um lugar e todo gay mulher em outro e depois de 100 anos vamos ver se la nasceu alguma criança la onde so tem homem e no outro lugar onde so tem mulher se nasce alguma criança ai eu acredito que pode se casar com homem homem e mulher com mulher mas vsc tem de me provar

  6. Charles Goveia

    22 de junho de 2013 em 09:37

    Já é uma boa desculpa pra se aposentar.

  7. V

    21 de junho de 2013 em 22:24

    “Cura Gay” em um país que não cura nem esfriado…

  8. Harry Alone Potter

    21 de junho de 2013 em 22:04

    Se essa ”cura gay” for pelo SUS vão tudo morre viado, pq né…rsrs

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:11

      #fato

  9. Vinicios Biliato

    21 de junho de 2013 em 17:18

    #Esclarecimento Em primeiro lugar, vamos deixar claro que autor do projeto que a mídia o movimento LGBTT apelidou maldosamente de #CURAGAY não é o Dep Feliciano. É do Dep João Campos de Goiânia. O Brasil é o único país DO MUNDO onde o Conselho Federal de Psicologia PROIBE o aconselhamento de homossexuais quanto a sua condição. porque isso???” Eles são piores que alguém? Se alguém depois de anos se descobre homossexual e se sente desconfortável com isso, qual problema em procurar ajuda??” Não pode, pois o CFP é o único no mundo que proíbe! Ele que se vire sozinho, resolva seus tormentos psiquicos. Então, a questão é muito simples. A Comissão de Direitos Humanos apenas quer acabar com essa proibição, mas não OBRIGA ninguém a se tratar.” Isso é Direitos Humanos. Além do projeto ser claramente um cerceador de direito,usurpa poderes em suas funções e interfere no processo terapeutico.

  10. Pedro

    21 de junho de 2013 em 15:13

    Gente mais que povo burro!

    Isso é só uma merda de projeto de lei, que nem tem chance de ser aprovado!
    Numa democracia todos os lados tem de ter direitos de se manifestarem, e daí se um gay quiser ser “curado”? Ele não vai ter esse direito?

    Só acho que é errado esse cara se aproveitar da posição dele pra ficar passando projetos que são apenas de cunho ideológico pessoal, ele é um servidor público e o estado é laico, mas de resto não vejo por que o alvoroço.

    .-.

  11. Crow Law

    21 de junho de 2013 em 14:41

    Vish..se esse projeto da cura gay for aprovado e levado a sério mesmo,Deveriam tbm criar um pra curarem os Evangélicos ,pq alguém que não tem a capacidade de aceitar o próximo como ele é,acredito que tbm é uma doença ._.

    • Pedro

      21 de junho de 2013 em 15:14

      nem todo evangélico é preconceituoso.

      tem ateu homofóbico tbm….

      .-.

  12. Julio Cesar Rodrigues

    21 de junho de 2013 em 13:04

    Realmente gostei deste projeto de lei. Ao menos, agora, será possível muitas pessoas aderirem a esta terapia.

  13. Tchenkov

    21 de junho de 2013 em 13:01

    Esperando a cura da humanidade …

  14. Li Syaoran

    21 de junho de 2013 em 12:53

    Se curaram a viadagem do Marco Feiliciano eu assino embaixo.

  15. Juliano Rodrigues

    21 de junho de 2013 em 12:22

    NINGUÉM NASCE GAY, ASSIM COMO NINGUÉM NASCE BANDIDO, É UMA ESCOLHA E TOTALMENTE CONTRA A NATURALIDADE HUMANA. O HOMEM FOI FEITO PRA PRA MULHER E VICE-VERSA. O SEXO É PARA PROCRIAÇÃO, COMO DOIS HOMENS OU DUAS MULHERES VÃO PROCRIAR? LEMBRE-SE QUE PRA UM CASAL GAY ADOTAR UMA CRIANÇA, PRIMEIRO A CRIANÇA PRECISA SER FEITA POR UMA CASA HETERO, HOMEM E MULHER! VOCÊS ESTÃO QUERENDO DESTRUIR A FAMÍLIA!

    • Pedro

      21 de junho de 2013 em 15:18

      o caps lock não faz seu texto mais convincente…

      mas concordo com você…

    • Li Syaoran

      21 de junho de 2013 em 12:51

      Na boa, sempre que alguém fala que a união homoafetiva é uma ameaça à família dá a impressão que essa pessoa é gay e só não se assume por medo do preconceito. Ninguém quer obrigar ninguém a ser gay, apenas querem que acabar com o preconceito.

  16. Nunes

    21 de junho de 2013 em 11:51

    A CURA GAY não é obrigatória quem quiser que vá procurar um profissional pra ser curado não sei oque tem de mais , querer deixar de fazer algumas coisas como fumar e beber também é de livre escolha do ser humano .

    • Fernando Nascimento

      22 de junho de 2013 em 15:56

      certo livre escolha assim que tem de ser se um gay quiser ser tratado por um profissinal pra deixar de ser gay oq as pessaos tem de ter com a escolha deles que não querem + ser gays

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:11

      O fato é que ser gay está longe de ser uma doença, tampouco uma escolha, a pessoa nasce assim

    • Max Siqueira

      21 de junho de 2013 em 11:54

      eu sou gay e não vejo problema nesta lei ser aprovada. se a pessoa quer se curar ela têm o direito. desde que não seja obrigatório.

  17. Max Siqueira

    21 de junho de 2013 em 11:48

    eu não escolhi ser Gay e não me sinto incomodado com isso. Na verdade mesmo se tivesse cura eu não iria querer pois eu nasci deste jeito e sou feliz assim mesmo. por mim pode aprovar a lei desde que não obrigue ninguém a se curar.

  18. Dark J

    21 de junho de 2013 em 11:21

    Já descobriram a cura para a minha sanidade? Não? Então não existe a cura gay (ou não).

  19. Leonam

    21 de junho de 2013 em 11:12

    Olha, tem uma coisa muito mais útil que estas pessoas poderiam criar como lei: nem sei como dizer exatamente, mas lembrem-se, não estou comparando o homossexualismo com isto, nada a ver uma coisa com outra, mas acho que seria muito mais útil eles criarem uma cura pedófilo, muitos estudiosos defendem que a pedofilia é um distúrbio mental e que tem tratamento, alias, existem muitos casos de pessoas sendo tratadas pelo mundo.

    E não me refiro como tratamento a castração, mutilação, pena de morte, nada disto, tratamentos com drogas fortes, acompanhamentos psiquiátricos, monitoramento, etc.
    Seria muito mais útil a humanidade.

    Porque toquei neste assunto?
    Simples, já ouvi falar de projetos do tipo, só que nunca saíram das gavetas, então porque não colocá-los em votação? Porque procurar tratar algo que não tem nada a ver? Poderiam fazer algo útil, acreditem, seria muito melhor para a sociedade.

    LEMBREM-SE, NÃO ESTOU COMPARANDO UMA COISA COM A OUTRA, NUNCA, só ESTOU INDICANDO ALGO MAIS IMPORTANTE E MAIS URGENTE QUE DEVERIA SER LEVADO EM VOTAÇÃO.

    • Max Siqueira

      21 de junho de 2013 em 11:53

      concordo… eu sou gay e entendi o que você quis dizer.

  20. Pedro Souza

    21 de junho de 2013 em 09:23

    Eu pensei várias vezes em não postar nada… mas enfim, vamos por partes.
    Primeiro:
    O psicólogo tem formação superior em psicologia, ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos, razão) e o comportamento humano. O curso tem duração de 4 anos para o bacharelado e licenciatura e 5 anos para obtenção do título de psicólogo. No decorrer do curso a teoria é complementada por estágios supervisionados que habilitam o psicólogo a realizar psicodiagnóstico, psicoterapia, orientação, entre outras. Pode atuar no campo da psicologia clínica, escolar, social, do trabalho, entre outras.

    O psiquiatra é um profissional da medicina que após ter concluído sua formação, opta pela especialização em psiquiatria. Esta é realizada em 2 ou 3 anos e abrange estudos em neurologia, psicofarmacologia e treinamento específico para diferentes modalidades de atendimento, tendo por objetivo tratar as doenças mentais. Ele é apto a prescrever medicamentos, habilidade não designada ao psicólogo. Em alguns casos, a psicoterapia e o tratamento psiquiátrico devem ser aliados.

    em termos simples:
    O psicólogo te ajuda a se entender melhor, descobrir porque você se relaciona de uma certa forma com o mundo e com você mesmo, ele é seu amigo sem ser seu amigo, é aquele que vai dizer coisas que poucas ou talvez nenhuma pessoa teve coragem de te dizer, o melhor é que ele vai te dizer de forma imparcial, ele caminha ao seu lado e não se esqueça que não é te carregando, mas sim, te mostrando o caminho que você irá decidir em seguir ou não, mas que talvez sem ele você não encontrasse, e finalmente o mais importante, ele irá te ajudar a se amar e as vezes porque não, apenas se aceitar por ser do jeitinho que você é.

    O psiquiatra é o médico especializado em doenças mentais, que tem a possibilidade através da sua total sinceridade para com ele, “levantar dados” que definam alguma doença psiquiátrica para que depois, ele possa te receitar um ou mais medicamentos que irão agir em conjunto para sua melhora tanto nos sintomas físicos quanto nos pensamentos, sentimentos que lhe causam sofrimento.

    Segundo:
    Gente que diz que nasceu assim… Quer dizer que você não tem vontade própria? É um simples fantoche do destino? Vai fazer aquilo que foi predeterminado e ponto? Mesmo odiando? É isso então? Se formos por esse ponto de vista, então somos todos predeterminados a ser o que somos, sem quaisquer opções. Se você me disser que tem tendência, eu aceito, mas que nasceu assim, e que eu nasci hetero, e que o Jão nasceu bi, por favor, me poupe. Por esse ponto de vista logo aparecerão pessoas dizendo(não estou comparando e sim supondo): eu nasci assassino, não tive escolha, simplesmente tive que matar, ou nasci estuprador, ou nasci pedófilo, ou nasci ladrão… São escolhas, simples e puras escolhas.

    Terceiro:
    Somos todos merecedores de respeito, independente de cor, opção sexual, religião, política ou classe social.

    😉

    • Pedro

      21 de junho de 2013 em 15:20

      legal sua opinião…

      pena que o povo nem lê…

    • Max Siqueira

      21 de junho de 2013 em 11:51

      eu digo e repito “eu nasci assim”. eu tenho a escolha de namorar uma mulher mesmo gostando de homens. eu não vou sentir atração por ela, provavelmente se me casar trairei ela com homens e etc… mas é uma escolha. as pessoas pensam que os gays são infelizes. nós gays somos felizes como qualquer outra pessoa. não é porque nasci assim que quer dizer que eu sou infeliz. desde que me entendo por gente eu sempre senti atração por homens e me sinto feliz desta maneira.

      então quando uma pessoa disser que nasceu assim ela não está dizendo que não têm escolha, mas está dizendo que é feliz por ser deste jeito.

  21. Rodrigo Pentecostes

    21 de junho de 2013 em 07:56

    A informação esta destorcida a proposta e que os homossexuais tenham direito a se tratar e não tratar de sua homossexualidade. Assim o homossexual poderá tratar de um estress ou algo similar e não necessariamente tratar sua homossexualidade.

  22. Julia Coser

    21 de junho de 2013 em 06:51

    Há tanta doença precisando de cura, e o Feliciano fica “inventando” cura.

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:10

      pq não incentivam projetos de cura da obesidade, AIDS, câncer, ficam se preocupando com banalidades, PRFVR

  23. ren

    21 de junho de 2013 em 03:58

    . “Esse projeto protege o profissional de psicologia quando procurado por alguém com angústia sobre sua sexualidade”. Isso e só mais uma desculpa. Assim como tem muitas pessoas homofobias q dao a desculpa de que Deus proibi tal escolha. Não e vc q tem o poder de julgar alguem pelo que ela é ou faz. Jesus disse q devemos amar ao próximo, então, p q vcs insistem em tratar tao mal pessoas que so querem ser felizes do jeito q sao?! Eu n acredito em Deus, mas ainda sim respeito. E se vc q esta lendo isso e acha q vou p inferno por pensar assim, tenho uma coisa a te dizer: Quem vai p inferno? eu ou vc? A escolha e minha e n sua! Não e desprezando uma pessoa que você vai conseguir a “redencao”! Voce e tao pecador quanto eu.
    As pessoas esquecem que no final das contas, estamos todos no mesmo barco!

    • Jefferson Mateus

      24 de junho de 2013 em 09:36

      Acho que não entenderam a proposta. Ele não propôs uma “cura gay” mesmo porque não existe. A proposta desse projeto é viabilizar orientações a quem não está se sentindo bem com a sua condição sexual. por exemplo, casos de transsexuais arrependidos tem aos montes, essas pessoas precisarão de um acompanhamento especial e específico.

    • Ciel Phantomhive

      21 de junho de 2013 em 06:49

      Concordo totalmente com você. As pessoas não deveriam usar a ideia de que “Deus proibe…” para seus próprios proveitos. Eu, pessoalmente, acho que pessoas homosexuais não estão fazendo nada de mal, que necessite de uma cura. Mas quem sou para comentar né…

  24. hahahah

    21 de junho de 2013 em 01:55

    ACABOU PESSOAL!!! OS PROTESTOS SE TORNARAM MOVIMENTOS SEM DEFINIÇÃO, ONDE OS PARTIDOS SÃO REPUDIADOS E A DIREITA IGNORANTE PASSA A GANHAR FORÇA. INFELIZMENTE A MASSA SÓ SE MOBILIZOU DE FORMA CORRETA ATÉ O COMEÇO DESTA SEMANA, AGORA AÉCIO NEVES E SUA DIREITA PSDBISTA QUE ARRUINARAM O PAÍS CONSEGUIRAM UMA ÓTIMA BASE PARA SUA ELEIÇÃO EM 2014!!!

  25. Luís

    21 de junho de 2013 em 01:55

    Essa “cura gay” é só um projeto pra ajudar quem não quer ser gay. Se vocês querem liberdade, porque não dão liberdade pra quem quer ser curado desse transtorno?
    Então, se uma pessoa foi gay no passado ela é obrigada a ser gay pra sempre por essa ditadura de ignorantes retardados comunistas ?!
    Tentem usar esse cérebro que vocês tem aí.

    • Pedro

      21 de junho de 2013 em 15:22

      realmente.

    • Julia Coser

      21 de junho de 2013 em 06:47

      O preconceito não é contra quem não quer ser gay, o negocio é que os homossexuais não são doença, é isso oque mais revolta, e outra se a pessoa quer parar de ser algo que ela é, ai o negocio fica difícil, se vc não se aceita como querer que a sociedade o faça?

      • Luís

        21 de junho de 2013 em 12:20

        Você falou como esse projeto fosse uma obrigação para os gays fazerem, e isso é só um apoio pra quem não tá feliz como vive.
        Agora vem a MELHOR parte do seu comentário: “se a pessoa quer parar de ser algo que ela é, ai o negocio fica difícil, se vc não se aceita como querer que a sociedade o faça?” você falou em sociedade ??? HUE… esse apoio para QUEM quer mudar, são os psicólogos e psiquiatras que vão ajudar, não tem nada ver com a sociedade. Esse nome que a mídia deu de cura gay é puro sensacionalismo, nenhum profissional da saúde mental trata o homossexualismo como uma loucura.

        • Anônimo

          21 de junho de 2013 em 15:43

          o problema é que nao existe nem um metodo cientificamente provado, seguro e eficaz.
          pra falar a verdade nem metodo o feliciano deve ter.

          • Porco Aranha

            21 de junho de 2013 em 16:04

            É pode até não ter cura, mas porque os homossexuais estão tão bravos com essa proposta, se eles não são obrigados a fazer essas sessões com os psiquiatras? Isso só vai ser feito pra quem não quer mais essa vida… ninguém vai laçar os gays e levarem eles a força nesse lugar.

            Acho que estão fazendo muita tempestade no copo d’agua… se o cara, ou a mulher quiser continuar a ser gay, é só não ir ao psiquiatra, agora se não quiser ser vai lá e pede pra o médico reorienta-lo para ser hétero (se é que isso funciona).

            É simples, mas o povo complica tudo….

          • Anônimo

            21 de junho de 2013 em 19:25

            cara eu entendo o seu pensamento, o problema é que nao tem metodo seguro e eficaz e a maioria dos psicologos sabem disso.
            as maioria das pessoas que vai em buscar do tratamento nao é para curar algum problema fisico ou mental(alem da ansiedade) elas fazem isso é por motivos de prenconceito vindo da religiao ou da sociedade.

      • Porco Aranha

        21 de junho de 2013 em 09:16

        Eu penso como o Luís, pô, se o cara não quer ser gay, ele tem q ter o direito, de pelo menos tentar mudar isso, se ele vai conseguir ou não isso, já é outra história.

        Deve haver sim, a liberdade de procurar ajuda, porque eu já soube de muitas pessoas que se descobriram homossexuais, e depois cometeram o suicídio, por não aceitarem suas condições.

        Agora seria melhor a pessoa procurar ajuda e quem sabe se “curar” com esse tratamento (se é que com ele exista a cura para isso) do que acabar com sua própria vida…

        • Julia Coser

          21 de junho de 2013 em 21:51

          Então pesquise um pouco! Todas as supostas “curas gays” já inventadas, não funcionam, os proprios criadores dessa tal cura disseram isso! Assistam o video>>http://www.youtube.com/watch?v=uuXMcKMVVzY

  26. Erza Scarlet

    21 de junho de 2013 em 00:23

    Ah pelo amor de Deus….ACABA MUNDO! cada coisa mais revotante que a outra …esse mundo so tende pra desgraça

    • Matheus S.

      21 de junho de 2013 em 10:54

      O mundo não pode acabar sem eu ter você,sua linda.

    • Lucas Rodrigues

      22 de junho de 2013 em 14:00

      LOL kkkkkkkkkkkk

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:09

      hauhauahuahau, essa foi a melhor!

  27. Adrian

    21 de junho de 2013 em 00:21

    Gay*

  28. Shun dlç

    21 de junho de 2013 em 00:10

    Nada a declarar… se que o cara é gay, ele vai ser e pronto! o cú é dele e ele dá pra quem ele quiser… pelo menos ele nunca catará sua mulher .-.

    • Jefferson Mateus

      24 de junho de 2013 em 09:50

      Só um porém, o projeto não obriga ninguém a ser hetero porr$

    • V

      21 de junho de 2013 em 22:26

      Shun Entende Muito Bem de Homossexualismo…leve na esportiva.

    • Ciel Phantomhive

      21 de junho de 2013 em 06:51

      Pobre Shun, zuado eternamente. E parece que isso continua, desde a época em que entrei no Minilua (época das raposas) até hoje.

      • Matheus S.

        21 de junho de 2013 em 10:50

        Isso é culpa do Shun mesmo….

        [img]http://sphotos-c.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash3/s720x720/19211_119056771605266_2107748953_n.jpg[/img]

    • Matheus S.

      21 de junho de 2013 em 00:23

      Isso cheira a revelação…

    • Shun dlç

      21 de junho de 2013 em 00:14

      Ps: eu sei que o homossexualismo é pecado e NÃO sou gay u.u

  29. Adrian

    21 de junho de 2013 em 00:09

    Só acho que tem muita gente leiga e manipulada pela mídia, eu to pouco me lixando se o cara é qay ou se uma garota é lésbisca, isso é uma escolha individual, seja feliz do jeito que bem entender e ninguem pode sair julgando. Agora chamar o projeto do cara de cura gay só pq a mídia estabeleu que o projeto é uma cura aos homosexuais ae já é um pouco exagero da parte de alguns papagaios que só repete o que a tal mídia fala, e esse projeto foi criado para dar suporte a quem quer ajuda psicológica, nada mais que isso, agora vcs vão ter preconceito com a pessoa que é homo e queira virar hetero, é isso? Ou eu estou enganado? Vai me dizer que uma pessoa não tem o direito de ser ou ter a sexualidade que bem entender?

    • Adrian

      21 de junho de 2013 em 00:09

      Gay*

      • Julia Coser

        21 de junho de 2013 em 06:43

        se existe a cura gay, tbm tem q existir cura hetero!

        • Jefferson Mateus

          24 de junho de 2013 em 09:48

          Eu não li isso, é sério… só uma coisa para essa jovem manceba
          http://www.youtube.com/watch?v=-MK1q9fZjeI

        • Pedro

          21 de junho de 2013 em 15:27

          se você não entendeu ainda, ser hétero é natural, segundo a própria natureza…vai discutir com a natureza? com a genética?

          se curar um gay ele vira hétero, se curar um hétero ele vira o que? assexuado? como vamos nos reproduzir, gays se reproduzem?

          fica quietinha vai…

          • Julia Coser

            21 de junho de 2013 em 21:48

            Sim gays se “reproduzem”, ainda somos humanos ainda temos o que é preciso pra “gerar” uma criança. Ser homossexual tbm é natural, em varias especies de animais no planeta o homossexualismo está presente!

          • Pedro

            22 de junho de 2013 em 10:42

            no dia que um homem fizer uma criança com outro homem, ou mulher com outra mulher, sem adotar ou fazer algum tipo de processo laboratorial, aí você vem falar alguma coisa…

            gays não se reproduzem…

          • Adrian

            23 de junho de 2013 em 15:13

            Pedro ela quis dizer que um viado pode se reproduzir com uma sapatão foi isso que ela quiz dizer eu acho, rs. Mas a questão é se uma pessoa nasci gay com certeza tem algum problema, pq a pessoa nasci com um pau ou com uma buceta, igualmente quando nasci com dois braços, duas pernas, uma cabeça, etc… se nascer com algo diferente isso já é tratado como anomalia genética que é o caso de um hermafrodita, mas isso não é necessariamente homo ou bi. Agora uma pessoa nasci macho e quer ter sentimentos de mulher isso já é uma anomalia psíquica, já vem da educação da pessoa desde criança, e claro que ser gay ou não é uma escolha tanto da pessoa quanto seus atos quando criança, se tem duas crianças de sexo diferentes brincando sozinhas é claro que ela vão querer se descobrirem como funciona os seus sentimentos, mas quando uma criança não tem essa uma outra criança que seje do sexo oposto, ela vai querer fazer isso com uma do mesmo sexo e isso a faz bem pq ela está se descobrindo, e ela cresce com essa ideia que gosta de uma pessoa do mesmo sexo, mas quando ela se torna adolecente ou se torna adulta ela ver que tem opções de se redescobrir, claro que a maioria não aceita essa opção, pq na cabeça dela ela já nasceu gay, nasceu gostando do mesmo sexo e isso tem muito haver com a edução, conhecimento e experiencia que ela teve quando criança e é algo querendo ou não psicologico.

          • Adrian

            23 de junho de 2013 em 15:33

            E desculpa o portuques, estava fazendo duas coisas ao mesmo tempo, digitando um texto e fzendo outra coisa com a minha namorada. E aqui eu deixo o link para quem ainda está na ignorância desse projeto: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/voce-lera-que-comissao-aprovou-projeto-de-cura-gay-e-uma-falsa-noticia-e-aqui-se-explica-por-que/

          • Adrian

            23 de junho de 2013 em 15:34

            Português* hehehehehe

          • Adrian

            21 de junho de 2013 em 16:01

            Vou ficar com a minha Pir*ca quetinha na sua Bu***inha. 😀

          • Adrian

            21 de junho de 2013 em 15:46

            kkkkkkkkkkkkkkkk que pessoal burro.

  30. Spike Spiegel (antigo Tyler Durden/Damien Thorn)

    20 de junho de 2013 em 23:59

    Legal, enquanto isso tem um monte de usuários de drogas, sem teto e vítimas de criminosos precisando de ajuda.

  31. Mio Tadaksu

    20 de junho de 2013 em 23:45

    O povo devia invadir o senado e linchar geral, pq 99,9% lá é corrupto..

    • Matheus S.

      20 de junho de 2013 em 23:56

      E nós dois deveriamos nos casar,sua linda.

      • Julia Coser

        21 de junho de 2013 em 21:45

        depois fala q não ta catando geral….kkkk brincadeira cara

  32. el chupacabra

    20 de junho de 2013 em 23:27

    ou seja uma lobotomia gay

  33. Rap­osa Furry

    20 de junho de 2013 em 23:04

    ele é retardado?
    Com investimento ridículo na saúde ele vai “curar” o que?
    HAHAHAHAHAHAHA IMPOSSIVEL!

  34. Erik Van Night

    20 de junho de 2013 em 23:04

    Eu sou homossexual e tenho orgulho de como eu sou.E cura gay não existe, porque ninguém escolhe ser assim, não é opção.Mas bem que deveria existir cura para homofóbicos e para pessoas que realmente crêem nisso, porque eles sim parecem ter algum tipo de problema mental…

    • KatozeK

      22 de junho de 2013 em 02:12

      Kara, Imagine o inverso, Você e Heterossexual e deseja virar homossexual, vc quer aquilo seus sentimentos querem aquilo. Mas vc não sabe como, não sabe como iniciar essa nova “vida”.

      E isso que o projeto quer levar a tona, ninguém vai arrastar gays a consultórios para serem “curados” a força, e uma opção. Homossexuais que não desejam aquilo, que querem se tornar heteros, possam ter alguém a ajuda-los.

      Eu não entendo porque tanto mimimimi quanto a isso e uma opção individual, o individuo em questão quer aquilo, o que foi ? ele não pode ? e proibido ? Se os psicólogos não querem tratar desse assunto creio eu que o que não vai faltar serão instituições a prol desses indivíduos. E sinceramente esse papo de que quem vai a psicologo tem problema mental……… a diferenças entre psicólogos e psiquiatras. Quer dizer que uma pessoa que esta passando por depressão, e vai buscar ajuda tem problema mental ?

      • BJ

        24 de junho de 2013 em 14:44

        Muito boa sua colocação Katozek… Cabe às pessoas não deixarem ser tão manipuladas pela mídia e procurarem entender a situação…

  35. Julia Coser

    20 de junho de 2013 em 23:03

    [img]http://sphotos-g.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/1017463_481777408558767_1450321187_n.jpg[/img]

  36. Cleiton

    20 de junho de 2013 em 23:01

    Cara só queria entender uma coisa, o que muda na vida de uma pessoa se a outra for gay,satanico,judeo etc.Por que a pessoa não pode conviver com outra ”diferente” no mesmo mundo.
    Se não ah explicação para isso então acho que ele tem odio por alguem ser ”diferente”.

    • Wesley Felipe

      20 de junho de 2013 em 23:06

      1° por que confundio crença com escolha? O.o
      2° os conceitos morais de cada um é deve ser respeitada(lógico :P)

      pq vc disse q ele tem ódio cara? bom… apesar q eu mesmo como cristão achei a atitude dele, digamos, meio tola demais, ele devia medir um poucos as palavras e ponderar suas palavras… bom, fora isso me responda as perguntas pls? ^^

      • Cleiton

        21 de junho de 2013 em 09:15

        Bem não entendi direito a pergunta mas acho que vc esta falando da parte em que eu disse gay,satanico etc. Bem só disse isso para diferenciar mesmo a pesar de quase não ter relação as pessoas podem ver como algo diferente.

      • Anônimo

        20 de junho de 2013 em 23:22

        depende dos conceitos morais, qualquer conceito moral que tenta denegrir ou diminuir alguma outra pessoas sem nem embasamento logico deve sim ser rebatido com argumento logicos e racionais.
        tipo esse:
        1 Coríntios 6:9 Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas.
        é mais o menos nisso que o feliciano se baseia.

  37. Derpino

    20 de junho de 2013 em 22:45

    O Marco Feliciano fez isso porque ele quer ficar com todos os bofes pra ele -.-

  38. Matheus S.

    20 de junho de 2013 em 22:37

    Nossa…

  39. Ana Caroline

    20 de junho de 2013 em 22:36

    Mas é muita cara de pau esse Feliciano… em… acho que ele não consegue ”sair do armário”, então quis criar isso…

    • Matheus S.

      20 de junho de 2013 em 22:38

      A única coisa que eu quero é você,sua linda.

      • Julia Coser

        20 de junho de 2013 em 22:43

        ta catando geral ein….

        • Matheus S.

          20 de junho de 2013 em 22:51

          Nope…

  40. Manero Nascimento

    20 de junho de 2013 em 22:36

    Esse desenho do pastor é uma verdadeira palhaçada. Que fez esta charge com toda a certeza, não estava com a cabeça no lugar.
    Apoio o Feliciano, homossexualismo é comportamento, e quem quiser parar de se comportar assim, que procure alguém que possa ser capaz de desfazer esse tipo de pratica.

    • Daniel Lisbôa

      25 de julho de 2013 em 01:52

      kkkk, que copia mal feita argumento do Silas Malafaia…
      Amigo já foi comprovado desde 1990 que a homossexualidade deixou oficialmente de ser doença pela Organização Mundial da Saúde, seria comportamento se você escolhesse por quem se exitasse, mas o mesmo é um ato involuntário. Você não pode simplesmente ver alguém do mesmo sexo e dizer a si mesmo que irá sentir atração sexual por esse alguém, isso não existe, é impossível! Esse mesmo argumento não possui nenhum embasamento cientifico.
      Porque ao invés de se preocupar em ”curar gays”, você não se preocupa em curar dependentes químicos, já que diferentemente da homossexualidade, se nenhuma atitude for tomada, algum dia poderá chegar até a sua filha.

    • Super Choque

      20 de junho de 2013 em 23:30

      Cara , não dá pra deixar de ser gay , não é como maconha ou cocaína que a pessoa se interna e recebe tratamento.E além do mais , o que o psicólogo vai fazer , esfregar a buceta de uma mulher na cara do gay até ele virar hétero ? kkkkkkk

    • Julia Coser

      20 de junho de 2013 em 22:43

      ¬¬ me desculpe por “amar”#soqnão…….. e outra não é comportamento!Não é pratica, ainda mais pq isso aqui não é yoga! Não somos maquinas pra agir igual uns aos outros, somos humanos, com comportamentos diferentes, pensamentos diferentes.

  41. Anônimo

    20 de junho de 2013 em 22:31

    Mas a principal pergunta é: qual é metodo que eles vao usar para ”tratar” os gays?

    • Matheus S.

      21 de junho de 2013 em 00:24

      Lâmpadas.

    • Julia Coser

      20 de junho de 2013 em 22:37

      sei lá….mas só sei q se um dia forçarem essa tal “cura” eu quero um enfermeira bem gostosa!

      • Anônimo

        20 de junho de 2013 em 22:44

        kkk esperta se for desse jeito vc vai de livre e espontanea vontade ne?

        • Julia Coser

          20 de junho de 2013 em 22:57

          só pela enfermeira cara!só por ela!kkkkk

  42. Julia Coser

    20 de junho de 2013 em 22:24

    Ser gay não é doença, ser gay não é escolha! Do mesmo jeito que vc pode nascer hétero, vc também pode nascer gay.
    Mas ainda tem gente que fala é questão de escolha….A CLARO EU ESCOLHI APANHAR NA RUA PQ EU TO UMA PESSOA DO MESMO SEXO, EU ESCOLHI SER A “OVELHA COLORIDA” PRA MAGOAR MEUS PAIS….não!não é assim! Nascemos assim, é que oque somos, não é errado, errado é esconder aquilo que somos e oque queremos pra agradar as pessoas ao nosso redor!
    VÊ SE CRESCE BRASIL!

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:06

      Concordo!

    • Wesley Felipe

      20 de junho de 2013 em 22:43

      não cara, a pessoa escolhe ser gay por que ela quer ‘-‘

      • Leonam

        21 de junho de 2013 em 11:03

        Bah, ser gay não é escolha, isto tem a ver com os sentimentos da pessoa, e querendo ou não você não muda o que sente, seus sentimentos, não funciona assim, querer e pronto, talvez se a pessoa for bissexual pode se dizer que ela escolhe se vai dormir com homem ou com uma mulher, mas nem assim é exatamente uma escolha porque ela nasceu com este sentimento de querer ambos os sexos.

        Dizer que ser gay é uma escolha é um dos passos para o preconceito contra homossexuais

        • Wesley Felipe

          21 de junho de 2013 em 15:41

          não velho, o mundo é feito de escolhas cara, o cara escolhe se ele vai se “deitar” com um homem ou não. ‘-‘

          • Coop-Megas XLR

            21 de junho de 2013 em 18:36

            Mas ele não escolhe se vai gostar ou não…

      • Julia Coser

        20 de junho de 2013 em 22:46

        escolha ser gay!….Ah é vc não pode, pq será? Será pq não é escolha?????

        • Wesley Felipe

          20 de junho de 2013 em 23:00

          pq eu n quero ser gay, simples assim cara, nesse mundo as escolhas sociais(ou n O.o) são feitas por nós cara, só isso :l

          • Alê

            20 de junho de 2013 em 23:23

            como você tem certeza que a pessoa é gay por escolha?

          • Wesley Felipe

            21 de junho de 2013 em 15:42

            não é questão de eu ter certeza se a pessoa escolheu… acho que você n entendeu o que eu quis dizer, mas tudo bem 🙂

          • Mother of Dragons

            21 de junho de 2013 em 00:13

            Pesquisas apontam… rsrs é papo! Gente vamos respeitar e pronto.

          • Julia Coser

            21 de junho de 2013 em 06:40

            que pesquisas?

          • Mother of Dragons

            21 de junho de 2013 em 22:05

            Nenhuma honey, só fui irônica :}

          • Capitão Jack Sparrow

            21 de junho de 2013 em 09:54

            Olha me desculpe a pergunta, se não quiser responder não responda, mas você é homem ou mulher?

    • Matheus S.

      20 de junho de 2013 em 22:30

      Concordo com você…

    • Anônimo

      20 de junho de 2013 em 22:26

      finalmente alguem disse o que faltava nesse post, tbm nao me lembro de ter escolhido ser o que sou.

  43. Dark Vampire

    20 de junho de 2013 em 22:04

    “Meu tio estava meio gay ontem, mas agora tá tudo bem, ele já tá até pegando nos peitos da enfermeira.”

  44. thiagosilva lp

    20 de junho de 2013 em 22:02

    oq os psicologos vão fazer? esfregar uma buceta na cara dos gays até eles virarem héteros? pelamor de dels vey

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:08

      Gostaria mesmo de saber em que consiste o tal tratamento

  45. Matheus S.

    20 de junho de 2013 em 22:00

    Por um Brasil mais Cabra Macho.

  46. Bardock

    20 de junho de 2013 em 21:55

    Sabe o que é interessante? NÃO EXISTE ”CURA GAY”, PORRA!

    • Capitão Óbvio

      20 de junho de 2013 em 21:58

      Se não existe é por não tem

      • Capitão Óbvio

        20 de junho de 2013 em 21:58

        *porquê

  47. eduardo (eduh)

    20 de junho de 2013 em 21:55

    Acho que não tem problema,não acho que de maneira nenhuma eles estão com nenhum tipo de preconceito,acho que eles só colocaram uma opção para quem gostaria de ser outra ”coisa” e creio eu que os psicologos podem ajudar nisso.Mas é claro que vai ter aquelas pessoas que vão obriga seus filhos a isso ai tem que se estudar uma pouco mais algo do tipo eles saberem que o paciente está lá por ser obrigado ou não…excelente post..

  48. Spike Spiegel (antigo Tyler Durden/Damien Thorn)

    20 de junho de 2013 em 21:52

    O verdadeiro lema do Pastor Marco Feliciano.

    [img]http://minilua.org/wp-content/plugins/motivational/posters/sterlingarcher_29131_0.jpg?nocache=39489[/img]

    • Capitão Óbvio

      20 de junho de 2013 em 21:57

      Se for hétero ele deixa de ser homossexual

      • Julia Coser

        20 de junho de 2013 em 22:30

        feliciano é um gay oprimido tá cara! até meu tio (gay) é mais macho que ele.

  49. Mother of Dragons

    20 de junho de 2013 em 21:45

    Pelo amor de Júpiter.. Esse mundo é cada vez mais louco. Eu francamente não gosto da homossexualidade, porém não me incomodo nem um pouco com seus adeptos. Nascido ou não, tornado ao longo dos anos ou não, essa é uma escolha, uma opção de vida, o falso livre arbítrio tai, cada um segue o caminho que quer, nada a ver esse papo :@

  50. Lucas Rodrigues

    20 de junho de 2013 em 21:43

    E Feliciano ataca novamente. Era só o que faltava, como se homossexualidade fosse doença, o que na verdade é uma escolha. Esses deputados neuróticos acham que são os donos da razão criando lei absurdas para uma minoria que merece respeito, lamentável, as vezes me pergunto até quando o preconceito vai imperar na mentalidade da sociedade que a cada dia se torna mais egoísta e menos honesta.

    • Aline Santos

      22 de junho de 2013 em 12:07

      um colega meu que é gay, disse que vai ligar para o trabalho, dizendo que está de atestado, pois hoje ele está maaais do que gay (já que ser gay agora virou doença), é triste a realidade, mas ainda dá pra fazer piada com a situação

    • Um qualquer

      21 de junho de 2013 em 10:13

      Enquanto existir sociedade, existirá preconceito 🙂

    • Anônimo

      20 de junho de 2013 em 21:46

      escolha?
      acho que vc quis dizer que nao é uma escolha, nao foi?

      • Pedro

        21 de junho de 2013 em 15:29

        viu vocês mesmos se complicam.

        primeiro decidam se é opção ou falha genética e depois façam seus comentários…

        • Anônimo

          21 de junho de 2013 em 19:16

          voc?s? quem? os gays?
          nem todo mundo que defende os direitos dos gays sao gays.

  51. Super

    20 de junho de 2013 em 21:37

    “poxa, deixam o cara tentar curar os gays..”
    depois dessa revolução acredito que vai melhorar um pouco o brasil, mas logico que vai aumentar a inflação antes..

  52. eduardo (eduh)

    20 de junho de 2013 em 21:31

    [img]http://imageshack.us/a/img826/9209/2lf.png[/img]

  53. Dark Vampire

    20 de junho de 2013 em 21:30

    Agora qualquer espertinho que quiser faltar ao trabalho pode dizer ao chefe que está com “gay”, e por isso vai se ausentar.

    • Alê

      20 de junho de 2013 em 21:39

      “Chefe não vou trabalhar, acordei meio gay hoje”

      • Dark Vampire

        20 de junho de 2013 em 21:57

        “-Alô, é da clínica? Eu gostaria de relatar um sintoma estranho.
        -E qual é?
        -Vontade de fazer sexo com outro homem.
        -A gente pode tratar isso na sexta, tudo bem?
        -Ok, só quero saber se é grave e como me curar disso.”

        • Fear Kubrick

          20 de junho de 2013 em 22:38

          Tem atestado médico ?

          • Killer The Tóchicos Dog

            20 de junho de 2013 em 22:43

            se tiver CD do Justehm não precisa de atestado Ò_Ó

        • Julia Coser

          20 de junho de 2013 em 22:27

          uma p*ca de uns 23 cm deve curar…

      • Killer The Tóchicos Dog

        20 de junho de 2013 em 21:48

        “acordei com Justehn Biebahr na cabeça hoje, ah lôca, não tô podendo com trabalho hoje”

    • Lucas

      20 de junho de 2013 em 21:32

      [img]http://www.dancandosemcesar.com.br/wp-content/uploads/2013/06/posso-faltar-hoje.png[/img]

  54. Alê

    20 de junho de 2013 em 21:29

    Cura gay? vão fazer o que? quebrar uma lâmpada na cabeça de cada um até virar hétero?

    • Little Uchiha™

      20 de junho de 2013 em 21:49

      Ouvi uma vez na rádio Canção Nova sobre um ex homo que ia dar uma palestra,
      Vai ver dá mesmo pra mudar mas só se a pessoa quiser e se for possível, é claro, mas acho que se o cara consegue voltar a sua sexualidade de nascimeto é pq não era gay de verdade(Será?).
      Esse projeto aí é pura falta de sacanagem, estão de fila da putagem

      • Alê

        20 de junho de 2013 em 21:55

        Acho que esse projeto só foi aprovado para tentar tirar o foco das manifestações

        • Dark Vampire

          20 de junho de 2013 em 22:06

          Ou foi aprovado aproveitando as manifestações para passar desapercebida, mas fail.

          • Alê

            20 de junho de 2013 em 22:09

            tem esse lado também

    • Anônimo

      20 de junho de 2013 em 21:31

      pq uma lampada? kkk

      • Killer The Tóchicos Dog

        20 de junho de 2013 em 21:38

        por causa do pessoal tacando lampada “nãoseicomoseescreves-escente” na cabeça dos homossexuais da paulista, e ela deve ter copiado isso do Pc siqueira

        • Alê

          20 de junho de 2013 em 21:42

          não foi do Pc não na verdade foi no facebook que eu vi XD

          • Killer The Tóchicos Dog

            20 de junho de 2013 em 21:47

            ah, foi mal

          • Alê

            20 de junho de 2013 em 21:57

            sem problemas ^^

      • Alê

        20 de junho de 2013 em 21:38

        lembra do caso de um jovem que foi agredido com uma lâmpada por outros caras porque achavam que ele era gay?

        • Anônimo

          20 de junho de 2013 em 21:43

          sim me lembro, ja faz ate um bom tempo eu acho

      • Dark Vampire

        20 de junho de 2013 em 21:37

        Porque radicais dão “lampadadas” em gays na rua, por isso.

        • Anônimo

          20 de junho de 2013 em 21:42

          ah, tendi agora

  55. Kelbert

    20 de junho de 2013 em 21:26

    Não creio.

    • Altair Ibn-La'Ahad

      20 de junho de 2013 em 21:26

      Tá com medo? ._.

  56. Mary

    20 de junho de 2013 em 21:24

    Eles aproveitaram que a populaçao e a midia mudaram de foco para os protestos.
    bem esperto esse feliciano.

    • Wesley Felipe

      20 de junho de 2013 em 22:48

      na verdade, ele tem esse projeto muito antes do protesto cara,como ele pode usar isso para “esconder” de alguma forma a votação? kkkk

      • Mary

        20 de junho de 2013 em 23:14

        eu nao falei do projeto, eu estava falando da votaçao que ele ja tava adiando a muito tempo, e bem agora na que o povo ta com foco em outras coisas.
        coincidência nao?

        • Wesley Felipe

          21 de junho de 2013 em 15:50

          sim, coincidência ‘-‘

    • Matheus S.

      20 de junho de 2013 em 21:55

      Você é o meu único foco,sua linda.

  57. Lucas

    20 de junho de 2013 em 21:21

    Agora o Shun vai ser curado…

    • Killer The Tóchicos Dog

      20 de junho de 2013 em 21:33

      não se precisa de psicólogo quando em qualquer farmácia você encontra para a inversão de sexualidade:
      Dipiroca Sólida, agora em pastilhas e comprimidos.
      Parabucetamol, para aqueles com pouca testosterona na barba.

      E, o lançamento inédito pela primeira vez: Omepramin, contém altas doses de estrógeno e progesterona, curando lesbianismo e promovendo a bissexualidade entre os “machos”. ligue agora para: “Jeová7-66613 e receba agora o conjunto com kits de 10 de cada medicamento e receba grátis uma bola de terapia XoXoTeX de borracha, para aqueles com pouco sangue no stress.

      • Killer The Tóchicos Dog

        20 de junho de 2013 em 21:36

        Mas atenção, as linhas congestionam e o Minilua censura as bolas de terapia XoX-oTeX de borracha, Por isso, ligue já e adquira seu kit Inversão de Sexualidade grátis. Mas um oferecimento: Farofa e TelePixel.

      • Lucas

        20 de junho de 2013 em 21:35

        [img]http://i380.photobucket.com/albums/oo245/thenflchick/Gifs/ontd.gif[/img]

  58. Mu de Áries (antigo light yagami)

    20 de junho de 2013 em 21:20

    o shun vai ser curado agora kkkkkkkkkk

  59. Killer The Tóchicos Dog

    20 de junho de 2013 em 21:20

    na minha opinião, não devia ter uma bancada evangélica num estado laico

    • Jefferson Mateus

      24 de junho de 2013 em 09:42

      Então não deveria existir uma bancada gay, ou negra, ou que proteja direitos da mulher… Meu filho, a democracia permite isso, laicidade não é ateísmo, é a não compactuação governamental com determinada religião. E outra, democracia é a liberdade e privilégio que nós temos de pensar e opinar, daí o motivo de existirem vários partidos com objetivos diferentes, porque cada “parte” da sociedade pensa diferente (ou tem objetivos em comum). Dizer que não deveria existir é negar o direito de igualdade. Pelo o quê você gay luta? Não é igualdade? Então que a igualdade seja para quem concorda e discorda.

    • Wesley Felipe

      20 de junho de 2013 em 22:53

      porque não?

    • Mother of Dragons

      20 de junho de 2013 em 21:47

      Vey eles reclamam tanto dos católicos, mas ninguém vê alguém usando a santa igreja para isso.

    • Metalborn (saudades do ano passado)

      20 de junho de 2013 em 21:24

      Lamento, mas nosso Estado nunca foi laico de verdade, ele só é laico no papel…. infelizmente .-.

      • Wesley Felipe

        20 de junho de 2013 em 23:14

        cara, você sabe o que significa um “Estado laico”? ‘-‘

        • Metalborn (saudades do ano passado)

          20 de junho de 2013 em 23:47

          “Estado laico significa um país ou nação com uma posição neutra no campo religioso.”
          Essa frase definitivamente não descreve o Brasil….

          • Wesley Felipe

            21 de junho de 2013 em 15:49

            ah sim, vlw :B

      • Killer The Tóchicos Dog

        20 de junho de 2013 em 21:27

        Pois é, eu ia escrever alguma coisa aqui mas eu simples mente esqueci no meio da frase, e, mesmo lendo o que restou da frase eu não consegui me lembrar o que ia escrever, foi mal

  60. Metalborn (saudades do ano passado)

    20 de junho de 2013 em 21:20

    Jeova deve estar orgulhoso nesse momento .-.

    • Um qualquer

      21 de junho de 2013 em 10:10

      Não me lembro de Jeová ser preconceituoso. Mas eu me lembro de haters da internet… ah, é você .-.

      • Metalborn (saudades do ano passado)

        21 de junho de 2013 em 13:26

        “Se um homem se deitar com outro homem como quem se deita com uma mulher, ambos praticaram um ato repugnante. Terão que ser executados, pois merecem a mor­te.” – Levítico 20:13
        Se as pessoas lessem a biblia com visão crítica ao invés de ler como uma ovelha do rebanho ou apenas engolir o que o padre fala sem nem ao menos ler como a grande maioria dos cristões faz, esse mundo seria um mundo bem diferente .-.

        • Wesley Felipe

          21 de junho de 2013 em 15:47

          Com licença moço, Levitico 20:13 diz o seguinte, “Quando também um homem se deitar com outro homem como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles.”

          Por favor, coloque o texto de forma correta, para que não haja má interpretações ok? ^^

          • Metalborn (saudades do ano passado)

            21 de junho de 2013 em 18:37

            Fontes diferentes, textos diferentes, a interpretação é a mesma… apenas leia a corrente de versículos desse capitulo que você verá que todos falam de punições que você receberá se praticar algo como o ato acima descrito, pois, de acordo com a biblia, são atos condenados por deus e quem pratica-los merecem punição, que no caso dos homosexuais é a morte…
            Por isso eu não peguei um trecho qualquer da biblia pra basear minha tese….
            “O objetivo de Levítico é fornecer instruções e leis para orientar um povo pecador, mas redimido, em seu relacionamento com um Deus santo.”
            Vlw flw’s .-.

        • Um qualquer

          21 de junho de 2013 em 15:43

          Pegar um trecho da bíblia para se basear em uma tese…. muito incrível da sua parte .-.
          Depois ainda enchem a boca pra falar que querem que respeitem sua descrença. Ora, se não respeita no que creio, como queres ser respeitado?

    • Wesley Felipe

      20 de junho de 2013 em 22:51

      mano, nada deixa quieto, não quero ficar com raiva a toa :@

189 Comentários
mais Posts
Topo